SINDMETAL convoca eleição sindical para o dia 27 dejulho

O Sindmetal convocou eleição para a renovação da Diretoria e Conselho Fiscal, gestão 2023-2027, bem como os respectivos suplentes para o dia 27 de julho. A eleição se dará por maioria simples dos eleitores aptos a votarem.

O edital com todas as informações sobre o processo eleitoral foi publicado no Jornal Pequeno no dia 27 de junho, dando início a um importante momento de participação democrática para os trabalhadores metalúrgicos. Os prazos para inscrição de chapas ficaram abertos até o dia 06 de julho. A convocação oficial, publicada no Jornal Pequeno, cumpre as exigências legais e garante a transparência e a ampla divulgação do processo eleitoral.

A eleição para a nova diretoria do Sindmetal é um momento crucial para a categoria, pois define os líderes responsáveis por representar e defender os interesses dos trabalhadores metalúrgicos nos próximos anos.

O presidente do Sindmetal, Gerson Silva, ressaltou a importância da eleição e do envolvimento dos associados no processo. “A escolha da nova diretoria é um momento fundamental para a vida do sindicato. É através da participação e da voz ativa dos trabalhadores que podemos garantir uma gestão comprometida com os interesses da categoria, contribuindo para a construção de um sindicato forte e representativo”, destacou.

No dia 27 de julho, os associados poderão votar das 07h às 18h na sede dos Sindmetal e também através de urnas itinerantes.

Nota de Repúdio contra atos terrorista em Brasília

O SINDMETAL vem a público repudiar os atos terroristas realizados por bolsonaristas neste domingo, 08, em Brasília.

Os ataques aos três poderes da República atentam diretamente contra a Democracia e devem ser investigados e os responsáveis punidos de forma exemplar.

O SINDMETAL apoia as medidas anunciadas pelo Governo Federal para o restabelecimento imediato da ordem e reitera que liberdade de expressão e manifestação não podem ser confundidas com fanatismo, vandalismo e violência.

O SINDMETAL segue junto a imensa maioria do povo e as instituições brasileiras na defesa irrestrita dos valores democráticos e do Estado de Direito.

A Direção.